Autor: Grazi De Camilis

Intensidade e paixão me descrevem. Mergulho de cabeça, me entrego... Dou cabeçadas, aprendo... demoro a me levantar mas quando fico em pé me torno Grande e volto a sonhar, essa sou eu, Grazi De Camilis. Minhas paixões? Viagens...pequenas ou grandes, caras ou baratas, amo cada uma pois adoro explorar, descobrir, conhecer e retornar. Vinho??? Ahhh bom demais. Um prazer que a cada dia me fascina mais. Outra paixão? Ler... amo demais!!! livro, aquele impresso sabe? Música? Também está no meu sangue, na minha alma...música para cantar, para dançar, para relaxar... Além de paixão...é amor com certeza: Minha filha e meu filho de rabo... incondicional Pessoas que deposito minha confiança e que conto pra me socorrer: Pai, mãe e meu Marido a quem tenho muito a agradecer!!!

Bahia e seus Mistérios

Janeiro é sempre um mês muito feliz pra mim porque há anos venho para o Sul da Bahia. São tantos cantinhos especiais que demorei a começar escrever esse post pensando em como faria, e na verdade ainda estou perdida rs Vamos começar por um desses cantinhos… A Península de Maraú.

Continue a ler

O Sabor da Viagem – Pequenas Viagens: Poços de Caldas – MG

Sempre quis conhecer essa cidade, desde os meus 18 anos e somente agora ao 42 conheci. Quanto tempo se passou, mas finalmente fui e adorei!!!

Continue a ler

Pequenas Viagens em: Fascinante Monte Verde em Minas Gerais

É gratificante poder compartilhar de algo que é tão especial pra mim.  Hoje vou contar sobre Monte Verde – MG que há anos é a cidade escolhida pra comemorar meu aniversário.

Continue a ler

O SABOR DA VIAGEM – Paraty…Ainda Sobre As Pequenas Viagens!!!

Olá meu amigo, minha amiga… vamos literalmente viajar? Vem comigo e deixe-se encantar por cada detalhe que vou te contar!

Hoje vou falar pra você de uma cidade do Rio de Janeiro, mas que é bem pertinho de São Paulo, Paraty, a mais ou menos 270 km.

Paraty é uma cidade colonial e é considerada patrimônio histórico nacional, preservando até hoje os seus inúmeros encantos naturais e arquitetônicos. Um verdadeiro tesouro entre o mar e as montanhas!

Para passear no centro histórico é preciso ter cuidado pois as ruas de pedras chamadas “pés-de-moleque” são extremamente irregulares, porém encantadoras, então…nada de salto por lá, vá bem a vontade. Os casarões coloridos, as igrejas em estilo de época compõem a beleza, e os misteriosos símbolos maçonicos que enfeitam suas paredes, nos levam a imaginar como seria a vida no Brasil antigamente. Por ali, não é possível trafegar de carro.

IMG_8021 web

IMG_7678

IMG_7590-3107138221-1539383899562.jpg

A cidade teve grande importância  econômica devido aos engenhos de cana-de-açucar, considerada sinônimo de BOA aguardente. Vale a pena a visita na Cachaçaria Pedra Branca Lugar lindo que rende boas fotos!!!

cachaçaria pedra branca paraty IMG_9867 web

No século XVIII, teve destaque como importante porto por onde escoava das minas gerais, o ouro e as pedras preciosas que embarcavam para Portugal. Porém, com a construção de um novo caminho da ESTRADA REAL (você pode usar essa estrada para chegar em Paraty e há ainda o passaporte da Estrada Real), desembocando diretamente no Rio de Janeiro, levou a cidade a um grande isolamento econômico.

Quando foi aberta a estrada Paraty-Cunha e após a construção da Rio-Santos na década de 70, Paraty tornou-se pólo de turismo nacional e internacional, devido ao seu bom estado de conservação e graças  às suas belezas naturais. Em sua área encontram-se o Parque da Serra da Bocaina, a área de Proteção Ambiental do Cairuçu, onde está a Vila da Trindade, a reserva da Joatinga e ainda faz limite com o parque Estadual da Serra do Mar, ou seja, é mata Atlântica por todo o lado. Veja essa hospedagem no pé da mata  Pousada Chill Inn

Enfim, vamos para os afazeres em Paraty:

Durante o dia normalmente todos estão nas praias, nos passeios ou nos parques que mencionei anteriormente. Você pode contratar o passeio diretamente com o barqueiro, perto da igreja, onde ficam estacionados vários barcos deles para a sua escolha.

Os destinos são inúmeros como:

Saco da Velha, Lagoa azul, ilha Comprida, Ilha dos Ganchos, Praia do Lula, Praia Vermelha, e etc. Se você contratar 1 dia antes pode negociar com eles também para providenciar uma cervejinha geladinha (claro que vão combinar um preço por isso) ou qualquer bebida da sua preferência pois todos eles tem cooler´s ou caixas para esse armazenamento, fazendo com que você apenas desfrute do passeio.

Há na cidade também vários receptivos, se você preferir negociar direto com eles. Normalmente são passeios em barcos maiores, com mais pessoas, as famosas Escunas, porém eles te indicarão uma lancha de aluguel, caso você queira algo mais privativo. Nós fomos direto nos barqueiros e posso te garantir que para desfrutar o visual tomando sua bebinha preferida nada melhor do que o Barquinho com o motor um tanto barulhento, mas que te proporcionará uma linda viagem.

IMG_7613

 

IMG_7622

Continue a ler

https://www.instagram.com/gicamilis/

O SABOR DA VIAGEM – A Doçura das Pequenas Viagens

Quero te levar comigo para se encantar com as pequenas viagens que faço, afinal estamos em crise econômica no país, mas quem disse que não podemos viajar?

Começo te levando pra uma cidadezinha de Minas Gerais chamada Itanhandu… como a descobri? é uma outra história rs.

Continue a ler
%d blogueiros gostam disto: